quinta-feira, 28 de julho de 2011

A Cruz e o Ego

Um dos meus contatos no facebook postou uma passagem bíblica ontem no facebook, e eu vendo que algumas pessoas curtiram resolvi fazer um artigo aqui no blog. Sei lá, porque me parece que muita gente que curti ou compatilha essas passagens não entendem a essência do que está lá, apenas curtem porque é da bíblia, mas entra por uma lado e sai pelo outro. Talvez não nesse caso especifico, mas em muitos casos é assim.

A Passagem é de 2 Coríntios 4: 7-10 :

"Temos, porém, este tesouro em vasos de barro, para que a excelência do poder seja de Deus, e não de nós. Em tudo somos atribulados, mas não angustiados; perplexos, mas não desanimados. Perseguidos, mas não desamparados; abatidos, mas não destruídos; Trazendo sempre por toda a parte a mortificação do Senhor Jesus no nosso corpo, para que a vida de Jesus se manifeste também nos nossos corpos;"

Refletindo nessa passagem, Primeiro ele fala que o tesouro está em vasos de barro certo? e porque? Para entendermos que nós por nós mesmos não somos nada, sem Deus não somos nada. E que o poder é de Deus e não nosso, para não nos vangloriarmos e sempre darmos glória a Deus. Pois muitos se esquecem de Deus, e porque são bem sucedidos ou conseguem algum reconhecimento em determinado segmento pensam, "Eu sou foda", ou tem atitudes "eu sou foda". Lembrem-se que sem Deus não somos nada, você pode ter o reconhecimento aqui nesse mundo, mas que no final das contas não vai valer de nada. 

Depois ele fala que somos atribulados mas não angustiados, perplexos mas não desanimados, etc. E me parece que muita gente curte essa passagem justamente por causa desse pedaço, parece que é a parte mais importante da passagem, mas não é.  

A parte mais importante vem depois quando Paulo diz "Trazendo sempre por toda a parte a mortificação do Senhor Jesus no nosso corpo, para que a vida de Jesus se manifeste também nos nossos corpos;"

E aqui o que significa trazer a mortificação do Senhor Jesus ao nosso corpo? essa é a parte importante que a maioria lê e não presta atenção.

O medo da morte que nos mantém escravizados como em (Hebreus 2:14-15), é o medo de perder tudo o que a vida envolve. Todas as ambições e prazeres que giram em torno do seu EGO. Isso inclui o medo de perder a aprovação dos amigos, no trabalho, na faculdade, e até mesmo na Igreja, resumindo, o medo de perder a vida se permanecemos fiéis ao Senhor Jesus e sua palavra.

Acima de tudo qual é o maior obstáculo para uma nova vida em Cristo? É o medo da morte do Ego, de entregar a vida que se espera viver, em troca da vida que Cristo oferece. O Cristianismo Bíblico não é uma Religião, é um relacionamento com Deus por meio de Jesus Cristo.

Porque existem dois tipos de ter fé.

O primeiro como a grande maioria faz, é querer viver a sua vida com Deus. Você continua fazendo as suas coisas, as coisas que gosta, por exemplo, continua indo em baladas, continua buscando ser bem sucedido no emprego, buscando promoções, querendo aquele carrão, querendo aquela casa própria, etc. Resumindo como eu disse, você que viver a SUA VIDA com Deus. Você abre um espacinho pra Deus, ali no cantinho da prateleira, para viver a SUA VIDA.

E o engraçado é que é exatamente o contrario que Jesus diz. A mensagem do Novo Testamento é:

Se alguém vem a mim e ama o seu pai, sua mãe, sua mulher, seus filhos, seus irmãos e irmãs, e até sua própria vida mais do que a mim, não pode ser meu discípulo.



E aquele que não carrega sua cruz e não me segue não pode ser meu discípulo...
...Da mesma forma, qualquer de vocês que não renunciar a tudo o que possui não pode ser meu discípulo. (Lucas 14:26,27,33)

"Quem ama a sua vida perde-a, mas aquele que odeia a sua vida nesse mundo, preserva-la-á para a vida eterna." (João 12:25)

"Não amem o mundo nem o que nele há. Se alguém amar o mundo, o amor do Pai não está nele.Pois tudo o que há no mundo — a cobiça da carne, a cobiça dos olhos e a ostentação dos bens — não provém do Pai, mas do mundo.O mundo e a sua cobiça passam, mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre." (1 João 2:15-17)


O segundo tipo de Fé, que é o menos comum e o correto, e não sou eu quem está afirmando que é o correto, mas a palavra de Deus, esse segundo tipo de Fé, você não vive a sua vida com Deus, você abandona a sua vida, e vive em Cristo, e Cristo vive em você.


Esse relacionamento começa na cruz, onde ao aceitar a morte de Jesus Cristo em meu lugar pelos meus pecados, eu admitido que merecia morrer, e nessa admissão abro mão da vida como a esperava viver, para ter a vida ressurreta de Cristo em minha própria vida. As minhas vontades renderam-se de uma vez por todas as vontades dele. O meu Ego já não existe mais.

Jesus Disse: "Quem ama a sua vida perde-a, mas aquele que odeia a sua vida nesse mundo, preserva-la-á para a vida eterna." (João 12:25) 

Ele está nos dizendo que se quisermos viver nossas vidas egoisticamente com nossas próprias vontades e desejos, temos apenas alguns anos aqui nesse mundo para viver do jeito que queremos. Mas se entregarmos nosso Ego, e vivermos por ele, teremos vida abundante para a eternidade.

Uma Frase interessante de Jim Elliot, que se enquadra aqui perfeitamente diz: "Não é tolo aquele que abre mão do que nao pode reter, para ganhar aquilo que nao pode perder". 

Então NÃO DEVEMOS viver com o primeiro tipo de fé que citei, querendo viver nossa vida com Deus. 

Mas SIM com o segundo tipo de fé que citei, Crucificando a sua vida, e viver em Cristo e deixar Cristo viver em você.

Aqueles que foram crucificados com Cristo, não tem mais medo de perder sua vida, já não estão presos a estes temores. O pecado perdeu seu domínio, pessoas mortas para esse mundo, não ficam zangadas, ansiosas, ou cobiçosas.

Quando aceitamos a morte de Cristo como nossa, já que ele morreu em nosso lugar, somos libertados do medo de perder nossa vida, e o domínio de Satanás sobre nós é quebrado.

Esse é uma das principais mensagens do Novo Testamento e o que a passagem lá em cima de 2 Corintios 4:7:10 está dizendo quando Paulo diz:  "Trazendo sempre por toda a parte a mortificação do Senhor Jesus no nosso corpo, para que a vida de Jesus se manifeste também nos nossos corpos;"


E para completar a Reflexão e mostrar que não estou inventando isso, mas é a Palavra de Deus que diz isso, vou citar Romanos 6:6-12.






Sabendo isto: que foi crucificado com ele o nosso velho homem, para que o corpo do pecado seja destruído, e nao sirvamos o pecado como escravos;
 porquanto quem morreu está justificado do pecado.
Ora, se já morremos com Cristo, cremos que também com ele viveremos,
sabedores de que, havendo Cristo ressuscitado dentre os mortos, já não morre; a morte já não tem domínio sobre ele.
Pois, quanto a ter morrido, de uma vez para sempre morreu para o pecado; mas, quanto a viver, vive para Deus.
Assim também vós considerai-vos mortos para o pecado, mas vivos para Deus, em Cristo Jesus.
Não reine, portanto, o pecado em vosso corpo mortal, de maneira que obedeçais às suas paixões; (Romanos 6:6-12)

E aqui na Epistola de Paulo aos Romanos, ele diz exatamente isso, "Sabendo que foi crucificado com ele o nosso velho homem"logo depois ele diz "Quem morreu está justificado do pecado", aqui se você souber interpretar você percebe que esse "quem morreu" não é de morrer literalmente, mas quem morreu pra sua vida nesse mundo, quem se crucificou com Cristo. E isso fica claro no próximo versículo quando Paulo diz "Ora, se já morremos com Cristo, cremos que também com ele viveremos".

E então para terminar essa Reflexão e espero ter ajudado a entenderem um pouco sobre a passagem, 

 Assim também vós considerai-vos mortos para o pecado, mas vivos para Deus, em Cristo Jesus.

Amém

Texto de Apoio: Beyond Seduction by Dave Hunt

3 comentários:

  1. Fala, Jota, estou te seguindo a partir de hoje!
    Abs
    Georges (Doa a quem doer)

    ResponderExcluir
  2. Jota, se quiser me mandar um banner do seu blog preu publicar lá no DOA, é agora!
    Só tem que ser no máximo com 196 px de largura, ok?
    ABs de novo.
    Georges

    ResponderExcluir
  3. Bom dia

    Parabéns pelas verdades,permita-me deixar uma passagem maravilhosa para tua vida.

    Mateus16.17... Bem -aventurado és(Jota) Simão Pedro, porque não foi carne nem sangue que to revelaram,mas meu Pai,que está nos céus.

    Belo reconhecimento daquilo que Jesus deve ser em nossas vidas.
    Marcelo Morelli

    ResponderExcluir